Vereador Camilo faz alerta sobre o aumento crescente da extrema pobreza

por Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 08/11/2019 15h42, última modificação 08/11/2019 15h42
Vereador Camilo faz alerta sobre o aumento crescente da extrema pobreza

Foto: Gilton Rosas

Em seu pronunciamento nesta quinta-feira, 7, o vereador Camilo Lula (PT) mostrou dados, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que demonstram que a extrema pobreza no Brasil bateu recorde em 2019.

“Mais de 13 milhões de pessoas estão vivendo com menos de 200 reais por mês. Nos últimos seis anos batemos o recorde de crescimento da extrema pobreza, de acordo com dados oficiais do IBGE, e isso é desumano! É resultado de uma política entreguista, do Governo Federal, que não tem nenhum projeto, em sua política econômica, para beneficiar a classe trabalhadora e os mais pobres”, revela o vereador.

Camilo explicou que esse cenário é fruto de políticas neoliberais, de livre comércio, que permitem que as estatais sejam vendidas ao capital internacional com prejuízo à população brasileira. Camilo citou como exemplo o setor da construção civil que está extremamente impactado pela falta de incentivo e o setor da exploração de minério que juntos, são responsáveis pelo desemprego de milhões de trabalhadores brasileiros nos âmbitos federal, estadual e municipal.

Na oportunidade Camilo se comprometeu a fazer o que estiver ao seu alcance para lutar para que os brasileiros saiam da extrema pobreza e lembrou que o ex-presidente, Luís Inácio Lula da Silva, zerou, em 2011, a extrema pobreza no Brasil. “Ao final do mandato de Lula ele afirmou que a maior vitória do Governo dele era ver os brasileiros tendo condições de comerem três vezes ao dia e é por isso que o nosso partido luta, para que trabalhadores e trabalhadoras tenham condições de viverem do seu trabalho de forma digna, com condições básicas como alimentação e moradia”, concluiu Camilo.