Pedras desgastadas do quebra-mar da Coroa do Meio preocupa Américo de Deus

por Sheyla Morales, Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 11/12/2019 11h24, última modificação 11/12/2019 11h24
Pedras desgastadas do quebra-mar da Coroa do Meio preocupa Américo de Deus

Foto: Assessoria do parlamentar

Ainda persiste a situação preocupante das pedras do Quebra-Mar, no Bairro Coroa do Meio, que está desgastada com o tempo, causando a invasão da maré na Rua Tenente Edivaldo Lima Santos. Por isso, o vereador Américo de Deus (Rede) entregou na Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) o oficio 192/2019 solicitando informações a respeito das providências que deverão ser adotadas a respeito do quebra-mar, conforme solicitado na avaliação técnica nº 261/2019 oriunda da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

“Procuramos a Sema que emitiu um relatório informando que não era da sua responsabilidade, mas observou que com relação ao Quebra-Mar as pedras estão em desgaste devido ao tempo e que precisam ser repostas. Eles orientaram procurar a Emurb e foi o que fizemos”, explicou o vereador Américo de Deus.

Em outubro desse ano o parlamentar esteve reunido com o secretário municipal do Meio Ambiente (Sema), Alan Alexander Mendes Lemos, para tratar da invasão da maré na Rua Tenente Edivaldo Lima Santos, Bairro Coroa do Meio. Na reunião, o parlamentar entregou um oficio solicitando a elaboração de um laudo técnico com relação à situação do quebra-mar do Bairro Coroa do Meio para que fossem tomadas as devidas providências no sentido de recompor as pedras.

A Sema cumpriu sua parte e emitiu um laudo técnico reafirmando o desgaste das pedras de contenção do mar, mas informou que esse serviço não era de sua competência. Sendo assim, o vereador Américo de Deus aguarda agora um posicionamento da Emurb porque a população não pode estar sujeita aos riscos com o avanço da maré.