'Nóias' dominam Terminal Leonel Brizola e aterrorizam passageiros, denuncia Amintas

por Evenilson Santana, Assessoria de Imprensa do parlamentar — publicado 27/11/2019 16h50, última modificação 27/11/2019 16h53
'Nóias' dominam Terminal Leonel Brizola e aterrorizam passageiros, denuncia Amintas

Foto: Assessoria de Imprensa

Na noite desta segunda-feira, 25, o programa "Nas Ruas", live liderada pelo vereador Cabo Amintas (PTB) e divulgada através de suas redes sociais, chegou Bairro América, mais especificamente no Terminal Leonel Brizola (Zona Oeste). Amintas foi convidado por usuários e funcionários do transporte coletivo para transitar no terminal de integração e verificar a falta de segurança no local.

"Atenção, comandante da Guarda Municipal de Aracaju (GMA) já vimos passar aqui no terminal uma viatura da GMA, mas é importante que façam paradas para verificar, sempre. Os condutores de veículos, assim como os cobradores, não conseguem trabalhar sem segurança. Recebemos diversas denúncias de assaltos dentro dos ônibus depois que saem do Terminal. Os motoristas estão aqui batalhando e o que me chama a atenção é que eles não são valorizados pelas empresas, nem pela população que utiliza o serviço", criticou o vereador.

O parlamentar, também comentou que as denúncias surgem por meio de alguns comerciantes, mas, estes, temem em falar com medo de represálias. "Pretendo conversar com o coronel Moura Neto para intensificar a vigilância na região. Sabemos que o bairro sofre com a quantidade de marginais e drogas, e que é muito fácil para eles invadirem o terminal, podem até pular um muro para entrar. As denúncias que recebi envolvem até o tráfico de drogas dentro do terminal", alertou.

Amintas também criticou o trabalho da direção da GMA. "Os vagabundos de Sergipe são espertos, esperam a viatura passar para agir. Temos 6 terminais na cidade e bastavam 2 guardas em cada um, durante o horário de pico para deixar a população um pouco mais segura. Só falta uma ação da direção da Guarda, vou cobrar isso do senhor Fernando Mendonça. Os motoristas, cobradores e todos os cidadãos estão a mercê da violência. Transitam o dia inteiro no calor, porque as empresas de ônibus não cumprem a lei que determina o uso de ar-condicionado nos ônibus, os banheiros do terminal estão abandonados, totalmente desconfortáveis e sem condições de uso. Além disso, podemos ver a sujeira, a pouca iluminação no terminal, uma situação de descaso", denunciou.

Durante a Live, Amintas foi abordado por um homem que pedia dinheiro para comprar remédio para a filha. O vereador respondeu que não ia dar o dinheiro, mas que poderia ir comprar o remédio para ele, ao que o homem se afastou e não pediu mais ajuda. Amintas percebeu a situação e aproveitou para anunciar que recebeu uma lista de medicamentos para doar, sendo a doação restrita a associações e entidades sem fins lucrativos. A lista está divulgada em suas redes sociais e a distribuição deverá ser feita em breve para respeitar a data de validade dos materiais.

Por fim, voltando ao assunto principal da Live, o vereador constatou a necessidade de manter fixos os guardas municipais nos terminais de Aracaju, ao menos nos horários de pico, para inibir a ação dos assaltantes e traficantes. "Vou cobrar a presença fixa da GMA aqui, nos horários das 17h30 até meia noite. Se não tem o efetivo suficiente, se vire, faça mais concursos, senhor Mendonça.O que não pode acontecer é dizer que tem guarda trabalhando e descobrirmos que está fazendo duas escalas no mesmo horário em locais diferentes, isso é impossível", ironizou Amintas.